6. Âncoras Mentais

Para criar a ancoragem siga os passos:

  1. Escolha a situação ou capacidade na qual deseja ter mais recursos
  2. Escolha algo que seja bem específico, aquilo que deseja, por exemplo: confiança
  3. Verificar se o recurso é realmente adequado, pergunte para si mesmo

 “Se eu pudesse ter esse recurso agora eu usaria?” Se a resposta for sim, continue, se não volte ao item 2

  1. Lembre-se uma ocasião na sua vida em que teve aquele recurso
  2. Selecione as âncoras que vai usar em cada um dos 3 sistemas de representação: algo que você vê, ouve e sente
  3. Dê um passo para frente ou mude de cadeira e imagine-se vivenciando plenamente aquele estado de recursos. Faça isso mais uma vez. Ao chegar ao seu ponto máximo, volte para o local onde estava inicialmente e saia fora da experiencia.
  4. Vivencie seu estado de recursos novamente e, ao chegar ao seu ponto máximo conecte as 3 âncoras. Mantenha o estado mental tanto tempo quanto desejar, depois mude de estado.
  5. Teste a associação, disparando as âncoras e confirmando que realmente entrou no estado mental desejado. Se não estiver satisfeito repita a etapa 7.
  6. Identifique o sinal que o faz saber que está numa situação problemática na qual deseja usar o seu recurso. Esse sinal permite você lembrar de usar a âncora.
© 2021 Instituto Equilibrando | Todos os Diretos Reservados
crossmenuWordPress Cookie Plugin by Real Cookie Banner