Hipnoterapia para Crianças com Problemas na Escola

Bom, eu vou afirmar para vocês que para fazer a hipnoterapia não tem idade. Podemos aplicar o momento que acharem necessário.
Eu vou contar um caso para vocês, muito legal.
A mãe veio me procurar, ela era uma cliente que eu tratava com acupuntura. Numa dessas sessões ela começou a se queixar sobe o que estava acontecendo. Ela falou: “-Valéria, eu tenho um filho de 4 para 5 anos, e estou com um receio, porque me falam que ele é um terror na escolinha, eu recebo toda semana na agenda um bilhete com reclamação dele. As professoras falam que não conseguem lidar com ele, que ele tem hiperatividade, déficit atenção, TDAH.”
Atualmente muitas crianças estão hiperativas, isso é um problema.
A mãe ainda me relatau triste, falando: “- Poxa vida, ultimamente estão convidando meu filho a sair da escolinha. Elas dizem que ele não ouve o que estavam falando, que não tem condições dele se adaptar à escola”.
Pedi então para ela trazer o filho dela e comecei a observar, a ver como era o comportamento dele.
Observando eu disse para ela: “- Na verdade o teu filho ele não é hiperativo. Não, ele não é imperativo. Ele não tem limites, ele não te obedece. Na verdade, ele não te ouve como mãe. Como ele não te ouve, não te obedece e ele não vai obedecer a ninguém. Faltou em algum momento um pouco mais de educação para ele. Então como ele não tem limites, ele é um pouco mimado, ele se acha no direito de fazer o que ele quer, na hora que ele quer e não ouve ninguém mesmo”.
Ela começou a chorar e me disse: “-Valéria, eu sabia que eu mimava ele, mas eu não sabia que era tão ruim”. Eu falei:”- Não é ruim, não é ruim para ele, é ruim para os outros não para ele, para ele está tudo bem”.
E ela preocupada com aquilo, falou: “Ele não me ouve, eu falo para ele não faça isso e ele não obedece”. Esse é problema entre mãe e filho que ficou perdido em algum momento. Faltou uma conexão entre os dois em que ele pudesse obedecer a mãe e a mãe tivesse um pouco mais de força e autoridade.
Então eu combinei com ela de tentar entrar com uma indução e fazer com que ele começasse a vê-la de uma outra forma, de uma certa maneira. Ela trouxe o filho um dia, naquele momento do soninho, que toda criança tira à tarde. Ela ficou com ele no colo e quando ele começou a entrar no soninho, eu comecei a entrar com a técnica, uma indução. Com a técnica eu comecei a aplicar as sugestões para o inconsciente dele, da mudança que ele tinha de ser e fazer com a questão de ouvir a mamãe, a obedecer a mamãe, ser mais tranquilo, mais calmo, a obedecer na escola, ficar calminho também, ser mais tranquilinho. Isso tudo foi entrando no inconsciente dele.
Como eu já falei é muito rápido, precisamos somente dessa sessão. Foi muito legal, pois 15 dias depois a mãe voltou para continuar o tratamento dela e contar para mim que foi uma mudança incrível. Ele já ouvia a mamãe, ele conseguia obedecer a mamãe, ele já estava mais calmo e tranquilo e que foi a primeira vez em um ano que ele recebeu um bilhetinho de elogio da professora.
Então mudanças estão aí, elas acontecem, não tem idade, se tiver essa linguagem fácil com criança, de conseguir conversar com elas, com adolescentes, com adultos, terá um grande sucesso eu acho que é isso que vocês estão buscando.

Valéria Sena Mene Savian


 

Formada há mais de 10 anos em Acupuntura e com especialização em acupuntura Estética.
Formada em Hipnose Clínica e especialização em regressão.

 

Para tirar dúvidas, agendamento de consultas, valores e outros assuntos entre em contato:
WhatsApp: (41) 99807-2962 Tim, (41) 99149-1129 Vivo

Valéria Sena Mene Savian


Formada há mais de 10 anos em Acupuntura e com especialização em acupuntura Estética.
Formada em Hipnose Clínica e especialização em regressão

.

Para tirar dúvidas, agendamento de consultas, valores e outros assuntos entre em contato:
WhatsApp: (41) 99807-2962 Tim, (41) 99149-1129 Vivo

You have Successfully Subscribed!